Percepções dos estudantes do ensino médio sobre o ensino no isolamento social

Resumo

O isolamento social causado pela pandemia do coronavírus (SARS-Cov-2) modificou a rotina das escolas no Brasil e os estudantes se encontram em um ambiente completamente diferenciado. Neste contexto, o objetivo desta pesquisa foi investigar as percepções dos estudantes sobre o Ensino no Isolamento Social (EIS), analisando quais recursos estão sendo usados e os impactos causados na aprendizagem dos estudantes de quatro escolas do interior paraibano. Por se tratar de um estudo de caso de cunho qualitativo, a pesquisa foi realizada em três etapas: aplicação de um questionário on-line; análise dos questionários; construção textual baseada na análise dos dados. Os resultados mostram que o ensino virtual está sendo um ato mitigador para os estudantes, demonstrando que as escolas não estavam preparadas para incorporar este tipo de ensino (virtual). Além disso, foi evidenciado o uso do WhatsApp como um recurso para comunicação, contudo o uso de plataformas como o Google Sala de Aula apresenta maior participação dos estudantes. Por fim, observamos que o EIS compromete o processo de construção do conhecimento.

Biografia do Autor

Jocimario Alves Pereira, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Mestre em Química, Professor na Escola Estadual de Ensino Fundamenetal França Leite (EEEFFL), Ibiara/Paraíba,  Professor na Prefeitura Municipal de Conceição/Paraíba.

Bruno Silva Leite, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Doutor em Química Computacional, Docente nos Programas de Pós-Graduação em Química  e em Ensino das Ciências da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

João Antonio Basilio, Universidade Estadual da Paraíba

Licenciatura em Física, Professor  na Escola Estadual de Ensino Médio Padre Manoel Otaviano (Ibiara/Paraíba)

Publicado
2021-07-26