Rádios comunitárias no Brasil e na França: desafios da esfera pública contemporânea

  • Danielle Azevedo Souza Universidade de Brasília
Palavras-chave: Economia, Comunicação, Ciências Sociais, Ciências, Aplicadas, Ciência da Informação, Economia Política, Ciência Política, Economia da Cultura, Sociedade da Informação, Teoria do Conhecimento

Resumo

LEAL, Sayonara. Rádios  comunitárias no Brasil  e na França:  democracia  e  esfera pública. Aracaju: Editora UFS, 2008, 436 p.  O  livro  „Rádios  comunitárias  no  Brasil  e  na  França‟,  da  Coleção  Biblioteca Eptic,  é  resultado  da  tese  de  doutoramento  de  Sayonara  Leal,  defendida  no  segundo semestre  de  2007,  no  âmbito  do  Departamento  de  Sociologia  da  Universidade  de Brasília. O lançamento da obra, às vésperas da Conferência Nacional de Comunicação, representa  uma  grande  contribuição  aos  debates  preparatórios  acerca  da  radiodifusão comunitária, da pluralidade dos meios de comunicação e da  liberdade de expressão. A pesquisa sociológica  revela que há, nos espaços públicos disponibilizados pelas  rádios comunitárias  e  associativas,  potencialidades  de  democratização,  sendo  necessária  a efetivação de políticas públicas para o  setor  e maior  envolvimento da  comunidade de ouvintes  concernida  na  gestão  dessas  mídias.  O  trabalho  resulta  de  um  estudo comparativo,  para  o  qual  a  autora mobilizou  os  recursos metodológicos  de  pesquisa qualitativa  como  aplicação  de  questionários,  realização  de  entrevistas  narrativas  e  de análises  documental  e  de  grade  de  programação  das  rádios  estudadas,  viabilizando  o método de estudo de caso.

Biografia do Autor

Danielle Azevedo Souza, Universidade de Brasília
Jornalista  formada  pela  Universidade  Federal  de  Sergipe.  Mestranda  em  Comunicação  Social  da Universidade de Brasília (UnB).
Publicado
2011-10-03