Indústrias Criativas. Um novo catalisador conceitual para a regulação da mídia?

  • Othon Jambeiro - Universidade Federal da Bahia - UFBA (Brasil) Universidade Federal da Bahia
  • Fabio Ferreira - Universidade Federal da Bahia - UFBA (Brasil) Universidade Federal da Bahia - UFBA
Palavras-chave: Indústrias Criativas, Regulação da Mídia, Políticas de Comunicação, Economia Política da Comunicação

Resumo

Tomado no seu mais largo espectro conceitual, o que se chama de mídia adquiriu hoje significado abrangente, dentro do qual se acomodam tanto os meios de comunicação de massa quanto a internet em sua totalidade. Este trabalho parte desta compreensão para refletir sobre as indústrias criativas, tomadas como uma possibilidade de se tornarem um “novo catalisador conceitual” nos processos regulatórios da mídia. Isto é, a possibilidade de o conceito se estabelecer, pela via da convergência – tecnológica e empresarial – também no campo da comunicação.

Biografia do Autor

Othon Jambeiro - Universidade Federal da Bahia - UFBA (Brasil), Universidade Federal da Bahia

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade Federal da Bahia (1966), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1971) e doutorado em Comunicação pela Politécnica Central de Londres, atual University of Westminster (1995). Fez estudos pós-doutorais em Comunicação na Universidade de Brasília (2006). É Professor Titular da Universidade Federal da Bahia. Pesquisa e tem publicações na área de Informação e Comunicação, com ênfase em Políticas, Economia Política e Regulação da Informação, Cultura de Massa e Comunicações.

Fabio Ferreira - Universidade Federal da Bahia - UFBA (Brasil), Universidade Federal da Bahia - UFBA

PhD em Comunicação pelo Department of Radio, TV and Film da Universidade do Texas em Austin; mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA); especialista em Gestão Empresarial pela FGV/ICEF e bacharel em Administração pela UFBA. Atualmente é professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Faculdade de Comunicação da UFBA e professor do Mestrado em Desenvolvimento e Gestão Social do Centro de Desenvolvimento e Gestão Social (CIAGS) da Escola de Administração da UFBA.

Publicado
2015-06-07
Seção
DOSSIÊ PERPECTIVAS E DESAFIOS PARA AS POLÍTICAS DE REGULAÇÃO DA MÍDIA