O PROCESSO DE MERCANTILIZAÇÂO CULTURAL NO CAPITALISMO TARDIO: UMA ANÁLISE DAS TELENOVELAS BRASILEIRAS

  • Renata Maldonado Silva – Universidade Estadual do Norte Fluminense- UENF (Brasil) Universidade Estadual do Norte Fluminense- UENF (Brasil)
Palavras-chave: , capitalismo tardio, artefatos culturais, mercantilização cultural.

Resumo

O objetivo do trabalho é analisar a apropriação econômica do gênero telenovela pela indústria cultural e discutir sua relevância social enquanto o principal programa de entretenimento de massa no país. Trata-se de investigar os fenômenos de natureza cultural no âmbito do capitalismo tardio, a partir dos pressupostos teóricos de Ernest Mandel, Fredric Jameson e Georg Lukács e a constituição deste campo na realidade brasileira, tendo como principal foco de análise as telenovelas da Rede Globo de Televisão.

Biografia do Autor

Renata Maldonado Silva – Universidade Estadual do Norte Fluminense- UENF (Brasil), Universidade Estadual do Norte Fluminense- UENF (Brasil)
Professora Associada da Área de Política e Gestão Educacional da UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense (2010) e Mestre em Comunicação pela mesma universidade. Atuou como professora do Departamento de Gestão de Sistemas Educacionais da UERJ/FEBEF e colaboradora da UERJ/FE. Possui graduação em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Políticas Educacionais, História da Educação e Comunicação e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas educacionais, história da educação, meios de comunicação e consumo.
Publicado
2015-02-05