Celso Furtado e a Formação da Cultura Brasileira

  • Maria Eduarda da Mota Rocha Universidade Federal de Pernanbuco (UFPE)
Palavras-chave: Furtado, Cultura, Barroco

Resumo

Em tempos de resgate da contribuição de Celso Furtado sobre a cultura, este artigo analisa especificamente os argumentos e pressupostos de um pequeno texto publicado por ele sobre a formação da cultura brasileira, tecendo comparações e contrastes com autores que trataram do mesmo tema e com as linhas gerais da formação econômica do Brasil segundo o próprio Furtado.


 

 



Biografia do Autor

Maria Eduarda da Mota Rocha, Universidade Federal de Pernanbuco (UFPE)

Professora do Departamento de Ciências Sociais e da Pós-Graduação em Sociologia da UFPE. Autora de vários artigos sobre cultura, mídia e consumo, e dos livros A Nova Retórica do Capital: a publicidade brasileira em tempos neoliberais (Edusp, 2010) e Pobreza e Cultura de Consumo em São Miguel dos Milagres (Edufal, 2002).

Publicado
2012-04-12