Uma proposta de periodização para a história do rádio no Brasil

  • Luiz Artur Ferraretto Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Palavras-chave: RÁDIO, BRASIL, HISTÓRIA, PERIODIZAÇÃO, ECONOMIA POLÍTICA DA COMUNICAÇÃO.

Resumo

Com base na economia política da comunicação, apresenta uma proposta de periodização para a história do rádio no Brasil, considerando o predomínio das emissoras comerciais. Para tanto, toma como variáveis o ambiente comunicacional, a regulação legal destas atividades, as tecnologias empregadas, os tipos de conteúdos ofertados e, a partir destes dois últimos, os hábitos de consumo. Identifica, assim, como pontos de corte: (1) a regulamentação da publicidade; (2) a televisão, a transistorização dos receptores e a frequência modulada; e (3) a telefonia móvel, a internet comercial e as tecnologias e práticas a elas relacionadas. Como resultado, propõe a divisão da história do rádio brasileiro em quatro fases - de implantação, difusão, segmentação e convergência -, elencando as características de cada uma destas.

Biografia do Autor

Luiz Artur Ferraretto, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

 Doutor em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS.

Publicado
2012-08-04