Políticas do audiovisual no Brasil e na Índia: aproximações, distanciamentos e possibilidades

  • Paulo Victor Melo Universidade Federal da Bahia
  • Cesar Bolaño Universidade Federal de Sergipe

Resumo

Este artigo busca analisar, na perspectiva da economia da omunicação, o desenvolvimento das telecomunicações e principalmente do audiovisual no Brasil e na Índia. Um primeiro elemento importante para a comparação diz respeito à constituição da comunicação pública nos dois países. No Brasil, historicamente, a televisão pública foi submetida a um papel secundário em relação à estruturação do modo de regulação setorial da televisão, ocupando um espaço minoritário no interior de um sistema privado muito mais amplo e poderoso, cabendo à TV de propriedade do Estado a função de aparelho educativo complementar. Na Índia, diferentemente, em que pese o seu desenvolvimento tardio, a
televisão, desde o princípio, foi considerada como um instrumento de política de desenvolvimento.

Publicado
2016-11-25