Cinemas em Aracaju durante a Segunda Guerra Mundial: uma análise histórica

  • Andreza Santos Cruz Maynard Universidade Federal de Sergipe

Resumo

Entre 1939 e 1945 os moradores de Aracaju (Sergipe-Brasil) podiam contar com o funcionamento dos cinemas Rio Branco, Rex, Guarany, São Francisco e Vitória. Esses estabelecimentos anunciavam diariamente as suas programações nos jornais que circulavam na capital sergipana e recebiam pessoas de diferentes segmentos sociais. Considerando a grande quantidade de filmes norte-americanos exibidos entre 1939 e 1945, bem como a coexistência entre a Guerra e o Estado Novo, este artigo analisa o cotidiano dos cinemas aracajuanos e os filmes exibidos à época do conflito mundial. Enquanto os filmes hollywoodianos apresentavam as novidades tecnológicas, imagens do mundo em Guerra e do estilo de vida norte-americano aos frequentadores dos cinemas, percebe-se um discurso conservador que ecoava na cidade a partir dos cinemas e que enaltecia valores estado novistas, como a manutenção da ordem e a normatização das práticas cotidianas.
Palavras chave: Filmes hollywoodianos, Aracaju, Segunda Guerra Mundial

Publicado
2020-05-04