n. 4 (2014): ISSN 2357-9145

Temos o imenso prazer em apresentar a quarta edição do Boletim Historiar, periódico do Grupo de Pesquisas do Tempo Presente (GET/CNPq), apoiado pelo Departamento de História da Univerisidade Federal de Sergipe (DHI). Esta publicaçao objetiva estabelecer uma interlocução entre as diversas esferas do conhecimento científico nas Humanidades. Neste número, contamos com a colaboração de Carla Regina Santos e Zenith Nara Costa, abordando os problemas de adaptação e relacionamento enfrentados por estudantes que participam como residentes do programa da Universidade Federal de Sergipe (UFS), no artigo intitulado “Construção de uma escala para avaliar liderança em residentes universitários”. Em seguida, José Maria Gomes discute os usos do Teatro Grego na formação dos profissionais de História no texto “O teatro ateniense na formação do Historiador”.

O terceiro texto, de Anailza Costa, analisa como a extrema direita propagou ideias fascistas por meios virtuais entre os anos de 2005-2013, com o artigo “Intolerância.com: a extrema direita colombiana e venezuelana na internet”. Na sequência, Mônica Apenburg traz o trabalho “Sob Suspeita: o combate aos estrangeiros em Sergipe durante a Segunda Guerra Mundial”, investigando os impactos de tal evento no cotidiano desses indivíduos. O último artigo, de Clotildes Farias e Jailton Santos, apresenta o projeto educacional de jovens e adultos implantado pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Sergipe e, graças à Ação Latino-Americana de Informação e Alfabetização- Brasil com o trabalho “Ação latino-americana de informação e alfabetização-Brasil: o projeto de educação de jovens e adultos da Igreja Assembleia de Deus em Sergipe – 2006 a 2008”.

Três resenhas concluem essa edição. A primeira, de Edla Tuane Monteiro Andrade, trata da obra “O Diabo na Água Benta ou Arte da Calúnia e Difamação de Luís XIV” a Napoleão (2012), de Robert Darnton. Em seguida, Marlíbia Raquel de Oliveira, informa-nos sobre o trabalho de Francisco César Alves Ferraz, intitulado“A Guerra que não acabou: a reintegração social dos veteranos da Força Expedicionária Brasileira (1945-2000)”. Por fim, Carla Albala Habif resenha o filme “Belém: zona de conflito (Bethlehem)” do diretor israelense Yuval Adler.

Antes de encerrar, uma notícia de interesse de todos os nossos colaboradores. O Boletim Historiar foi indexado junto ao Latindex, base com periódicos da América Latina, Caribe, Portugal e Espanha. A inserção da nossa revista é motivo de alegria e a certeza de que nosso trabalho está sendo reconhecido.  Agradecemos a todos que nos enviaram textos e tem cooperado na divulgação deste periódico.

 

Boa leitura.

Publicado: 2014-09-05